Friday, 10 August 2007

Unicef condena destruição de escolas no Timor-Leste


Díli, 10 ago (EFE).- O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) condenou hoje a destruição de escolas e outros centros educacionais para crianças no Timor-Leste, em meio aos distúrbios que ocorrem no país desde segunda-feira.

"O Unicef está totalmente preocupado porque, mais uma vez, são as crianças que sofrem", afirmou a representante da entidade no Timor-Leste, Shui Meng Ng.

"Pedimos aos adultos que levem em consideração o futuro de todas as crianças antes de continuar com a destruição de propriedades públicas e os distúrbios. Sem um ambiente seguro e sem aulas ou espaços educacionais apropriados todos os seus filhos receberão um impacto negativo", afirma o comunicado divulgado hoje em Díli.

O ano letivo no Timor-Leste começou na segunda-feira, mas os distúrbios interromperam as aulas em pelo menos quatro distritos desde então.

Três escolas foram danificadas no distrito de Baucau, enquanto o edifício "Child Friendly Space", que oferecia educação pré-escolar e programas para jovens e era administrado por uma ONG com apoio do Unicef, foi totalmente destruído por um incêndio criminoso.

Em outros distritos, como Lautem, Liquica e Manufahi, foram informados de atos de vandalismo semelhantes contra as escolas.

O Unicef pediu ao Governo, aos líderes políticos e à sociedade timorense que mantenham a paz para as crianças, que representam o futuro do país.

Os distúrbios são atribuídos aos seguidores e simpatizantes da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin), descontentes com a nomeação de Xanana Gusmão como primeiro-ministro.

4 comments:

Anonymous said...

Nem as criancas, as proprias criancas eles respeitam, e ainda falam de RL, e de operacoes ao coracao.

Comprem uma balanca para pesarem as vossas culpas antes de falarem dos outros.

Barometro

Anonymous said...

A fretilin que page os estragos causados pelos seus militantes.

Anonymous said...

Como e' que se paga a morte de uma crianca e a violacao de outras tantas?

Kim said...

eu estou farto de escrever comentários para aqui mas nunca aparecem! porquê?