Wednesday, 1 August 2007

Fundação Calouste Gulbenkian apoia formação de quadros na saúde


A Fundação Calouste Gulbenkian e o Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento (IPAD) vão apoiar o Instituto de Ciências de Saúde de Timor-Leste na formação de quadros médios daquele país.


As três instituições assinaram um protocolo que prevê apoio pedagógico e científico na estruturação dos cursos e reforço na formação dos docentes do Instituto de Ciências de Saúde de Timor-Leste (ICS), disse à Agência Lusa fonte da Fundação Calouste Gulbenkian.

A fonte salientou que o protocolo é uma resposta a um pedido das autoridades timorenses, que consideram a capacitação para o sector da saúde vital para o desenvolvimento do país.

Actualmente, o ICS ministra cursos de curta duração, de cerca de um ano, na área de enfermagem, obstetrícia, ginecologia e radiologia, além de possuir um corpo docente composto por 18 professores.

Com o projecto, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e pelo Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento, o ICS vai alargar os cursos para um período de três anos.

A fonte adiantou que o projecto não prevê a substituição de professores, mas sim a formação dos docentes existentes no ICS, além de orientação técnica e científica que ficará a cargo da Escola Superior de Tecnologia e a Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa.

Os cursos ministrados ao abrigo do projecto, que inicialmente terá uma duração de três anos, vão começar em Janeiro de 2008.

Inicialmente será reestruturado o curso de enfermagem geral e posteriormente obstetrícia, ginecologia, análises clínicas e radiologia,

Em comunicado, a Fundação Calouste Gulbenkian refere que tem vindo apoiar vários projectos em Timor-Leste, nomeadamente o Programa de Formação de Médicos Timorenses, em Cuba, o Programa de Aleitamento Materno e o projecto "Micro Subsídios na área da saúde".

3 comments:

José Bento Martins said...

Ainda há hipótese de me candidatar? Para quande está prevista a ida para Timor' Há alguém a chefiar esta acção, poderei contatar?

Natercia said...

Eu tenho também uma coisa para dar que diz respeito ao Forum de medicina moderna no ambiente de maternidade, que é só a experiência que adquiri com o comportamento geral das criancas, no ambiente em que se chama em termos escolares, de outros tempos. o meu marido nao lhes ligou nunca , mas hoje sao os melhores do mundo porque eu aceitei , só ser mae , em todas as situacoes da vida, sem que para isso nao tenha que transgredir as leis e ir roubar, como se fazia antigamente e as pessoas nao sabiam o que haviam de dar aos filhos para comer, só porque ninguém lhes dizia que a verdade é para ser contada na presenca dos filhos e dos pais e doa a quem doer o martirio é só de quem se cala e conserva a vida púdica de se ser dad como "puta", pelo facto s´de se têr um filho e para isso têr que se deitar com um homem na cam.
O resto fica só `conta de quem ama para poder dizer depois " fiz tudo por amor, só nao tenho culpa que o mundo conserve ideias que só transtornam a moral da mulher em todo o lado e por isso se deixa que o homem utilize os efeitos da vida , para poder viver só ele sem a responsabilidade de ser pai e para isso têr que ir trabalhar e dar valor à mulher que escolheu sem lhe dar o minimo de apoio.
Depois é ainda posta na rua e ainda dad como maluca porque para isso foi para ao manicómio.
A vida dela é só uma , mas a dele é sempre digna , além de depois ainda têr o descaramento de lhe dar pontapés com os ciúmes por ela escolher quem a am e lhe dá finalmente o amor que sempre se fêz entender como "prostituicao ", por se divorciar do marido passado 30 anos de casamento.
O filho já nao a quer , afilha agarrasse com unhas e dentes e os médicos nao querem acreditar que a medicina, ano sabe dar apoio aquem sofre.
Conclusao : o passado nao se conta , escondesse porque é feio dizer " eu sou dad como maluca" só por dizer que fui mae outra vêz.
a medicina dá-me só o consolo de me pôr a dormir , diz que sou psicótica e tenho o coracao tao bom que nao preciso de ir ao médico, pois eles nao encontrama razao da minha dor, apesar de nao poder trabalhar , nem dormir nem tao pouco andar, porque o peso do passado é tao bom que nao há medicina que prove que eu estou doente.
Hoje sei quem me ajuda é só quem em dá razao e ano só quem vê pelo seio da vida em Astral que se chama " eu sei melhor que os médicos quais as ervas que preciso para recuperar o que sofri.
Obrigado.
eu respondo da próxima vêz , se houver intersse quem e como me ôs assim como nova no Universo que tenho à minha volta.
a medicina de uma mae é só uma "AMOR" E SEMPRE
Natercia de Lima

Natercia said...

Eu tenho também uma coisa para dar que diz respeito ao Forum de medicina moderna no ambiente de maternidade, que é só a experiência que adquiri com o comportamento geral das criancas, no ambiente em que se chama em termos escolares, de outros tempos. o meu marido nao lhes ligou nunca , mas hoje sao os melhores do mundo porque eu aceitei , só ser mae , em todas as situacoes da vida, sem que para isso nao tenha que transgredir as leis e ir roubar, como se fazia antigamente e as pessoas nao sabiam o que haviam de dar aos filhos para comer, só porque ninguém lhes dizia que a verdade é para ser contada na presenca dos filhos e dos pais e doa a quem doer o martirio é só de quem se cala e conserva a vida púdica de se ser dad como "puta", pelo facto s´de se têr um filho e para isso têr que se deitar com um homem na cam.
O resto fica só `conta de quem ama para poder dizer depois " fiz tudo por amor, só nao tenho culpa que o mundo conserve ideias que só transtornam a moral da mulher em todo o lado e por isso se deixa que o homem utilize os efeitos da vida , para poder viver só ele sem a responsabilidade de ser pai e para isso têr que ir trabalhar e dar valor à mulher que escolheu sem lhe dar o minimo de apoio.
Depois é ainda posta na rua e ainda dad como maluca porque para isso foi para ao manicómio.
A vida dela é só uma , mas a dele é sempre digna , além de depois ainda têr o descaramento de lhe dar pontapés com os ciúmes por ela escolher quem a am e lhe dá finalmente o amor que sempre se fêz entender como "prostituicao ", por se divorciar do marido passado 30 anos de casamento.
O filho já nao a quer , afilha agarrasse com unhas e dentes e os médicos nao querem acreditar que a medicina, ano sabe dar apoio aquem sofre.
Conclusao : o passado nao se conta , escondesse porque é feio dizer " eu sou dad como maluca" só por dizer que fui mae outra vêz.
a medicina dá-me só o consolo de me pôr a dormir , diz que sou psicótica e tenho o coracao tao bom que nao preciso de ir ao médico, pois eles nao encontrama razao da minha dor, apesar de nao poder trabalhar , nem dormir nem tao pouco andar, porque o peso do passado é tao bom que nao há medicina que prove que eu estou doente.
Hoje sei quem me ajuda é só quem em dá razao e ano só quem vê pelo seio da vida em Astral que se chama " eu sei melhor que os médicos quais as ervas que preciso para recuperar o que sofri.
Obrigado.
eu respondo da próxima vêz , se houver intersse quem e como me ôs assim como nova no Universo que tenho à minha volta.
a medicina de uma mae é só uma "AMOR" E SEMPRE
Natercia de Lima